11 de jul de 2013

John Baldessari - "What is a Painting" Polímero sintético sobre tela. 1966 -1968 MoMA NYC

Sempre que me dou conta desta necessidade que temos de entender, classificar, rotular, definir e mensurar, lembro do episódio patético quando Breton expulsou Dali do "Movimento Surrealista" por causa das escatologias e das "costas gordinhas de Hitler" que o catalão pintou.
Ao ver Dali deprimido, Gala veio em seu socorro dizendo: "Tu és o Surrealismo", o que voltou a anima-lo, e quase tudo voltou a normalidade - Isto se este rótulo cola em tais personagens.

Rótulos e conceitos nunca deveriam valer mais do que a coisa em si. 
Vamos criar o movimento do rótulo em branco no qual a obra valha mais que o discurso?  
Talvez assim uma obra de arte volte a valer pela emoção que provoca mais do que pelo texto que a acompanha.